O Décimo Sexto Livro Profético

Zacarias, o décimo sexto dos dezessete livros proféticos (de Isaías a Malaquias). Por doze anos ou mais, a tarefa de reconstruir o templo foi concluída pela metade. Zacarias é comissionado por Deus para encorajar as pessoas em sua responsabilidade inacabada. Em vez de exortá-los à ação com fortes palavras de repreensão, Zacarias procura encorajá-los a agir, lembrando-os da importância futura do templo.

O templo deve ser construído, pois um dia a glória do Messias o habitará. Mas a bênção futura depende da obediência presente. As pessoas não estão apenas construindo um prédio; eles estão construindo o futuro. Com isso como motivação, eles podem entrar no projeto de construção com zelo sincero, pois o Messias está chegando.

Zekar-yah significa “Yahweh Se Lembra” ou “Yahweh Se Lembrou”. Esse tema domina todo o livro: Israel será abençoado porque Yahweh se lembra do pacto que Ele fez com os pais.

A versão grega e latina de seu nome é Zacharias.

Autor

Zacarias 1:1 identifica o seu autor como sendo o profeta Zacarias.

Quando foi escrito

O Livro de Zacarias foi provavelmente escrito em dois segmentos principais entre 520 e 470 aC.

Esboço

O livro de Zacarias se divide em duas partes:

  1. Capítulos 1 à 8 Zacarias fala suas mensagens, uma série de visões sobre a reconstrução de Jerusalém e do templo, perdão de pecados do povo e futuros, a vinda do Messias. Zacarias foi companheiro do profeta Ageu.
    • Chamamento a voltar-se para Deus (1:1-6)
    • Visões simbólicas (1:76:8)
    • Coroação simbólica de Josué (6:9-15)
    • Instrução sobre o jejum. Anúncio da salvação messiânica (7:18:23)
  2. Capítulos 9 à 14 diz respeito ao Messias e Juízo Final
    • Castigo das nações vizinhas (9:1-8)
    • O futuro rei de Sião (9:9-17)
    • O Senhor redimirá o seu povo (10:111:3)
    • Os dois pastores (11:4-17)
    • A libertação de Jerusalém (12:113:9)
    • Vitória final de Jerusalém (14:1-21)

Propósito

Zacarias enfatizou que Deus tem usado Seus profetas para ensinar, advertir e corrigir o seu povo. Infelizmente, eles se recusaram a ouvir. Seu pecado trouxe a punição de Deus. O livro também traz evidências de que até mesmo a profecia pode ser corrompida. A história mostra que nesse período a profecia caiu em descrédito entre os judeus, dando entrada ao período entre os Testamentos quando nenhuma voz profética duradoura falava ao povo de Deus.

 

Fontes

  • Introdução traduzida de New King James Version® Copyright © 1982 by Thomas Nelson
  • Got Questions