A Segunda Epístola Universal

A Carta de Tiago, a segunda das oito cartas universais (de Hebreus a Judas). A fé sem obras não pode ser chamada de fé. “Fé sem obras está morta” (2:26), e uma fé morta é pior do que nenhuma fé. A fé deve funcionar; deve produzir; deve estar visível. A fé verbal não é suficiente; a fé mental é insuficiente. A fé deve estar lá, mas deve ser mais. Deve inspirar ação. Ao longo de sua epístola aos crentes judeus, Tiago integra a verdadeira fé e a experiência prática cotidiana ao enfatizar que a fé verdadeira deve se manifestar em obras de fé.

A fé suporta provações. As provações vêm e vão, mas uma fé forte as enfrentará de frente e desenvolverá resistência. A fé percebe as tentações. Não nos permitirá consentir em nossa luxúria e deslizar para o pecado. Fé obedece a Palavra. Não vai apenas ouvir. A fé produz ação. A fé não abriga preconceito. Para Tiago, a fé e o favoritismo não podem coexistir. A fé se mostra em obras. Fé é mais que meras palavras; é mais que conhecimento; é demonstrado pela obediência; e responde abertamente às promessas de Deus. A fé controla a língua. Esta pequena mas imensamente poderosa parte do corpo deve ser mantida sob controle. A fé pode fazer isso. A fé age sabiamente. Isso nos dá a habilidade de escolher a sabedoria que é celestial e evitar a sabedoria que é terrena. A fé produz separação do mundo e submissão a Deus. Ela nos fornece a capacidade de resistir ao Diabo e aproximar-se humildemente de Deus.

Finalmente, a fé espera pacientemente pela vinda do Senhor. Através de problemas e provações, reprime as reclamações.

O nome Iakobos (Tiago, em inglês foi traduzido como James) em 1:1 é a base para o título inicial de Iakobou Epistole, “Epístola de Tiago”. Iakobos é a forma grega do nome hebraico Jacó, um nome judaico comum no primeiro século.

Autor

O autor desta epístola (carta) é Tiago, também chamado de Tiago, o Justo, o qual acredita-se ter sido o irmão de Jesus Cristo (Mt 13:55; Mc 6:3). Tiago não se converteu (Jo 7:3-5) até depois da ressurreição (At 1:14; 1Co 15:7; Gl 1:19). Ele se tornou o chefe da Igreja de Jerusalém e é mencionado em primeiro lugar como um dos pilares da igreja (Gl 2:9).

Quando foi escrito

O livro de Tiago é provavelmente o mais antigo livro do Novo Testamento, escrito talvez em 45 dC, antes do primeiro concílio de Jerusalém em 50 dC. Tiago foi martirizado em aproximadamente 62 dC, segundo o historiador Flávio Josefo.

Esboço

  • Prefácio e saudação (1.1)
  • Exortação sobre diversos temas
  • Amar sem discriminar (2.1-13)
  • A fé sem obras está morta (2.14-26)
  • A língua (3.1-12)
  • A sabedoria que vem do alto (3.13-18)
  • A amizade do mundo é inimiga de Deus (4.1-10)
  • Não falar mal uns dos outros (4.11-12)
  • O futuro a Deus pertence (4.13-17)
  • Contra os ricos opressores (5.1-6)
  • Ser pacientes e orar com fé (5.7-20)

Propósito

Alguns acham que esta carta foi escrita em resposta a uma interpretação excessivamente zelosa do ensino de Paulo sobre a fé. Essa visão extrema, chamada de antinomismo, sustentava que através da fé em Cristo é possível estar completamente livre de todas as leis do Antigo Testamento, todo o legalismo, toda a lei secular e toda a moralidade de uma sociedade. O livro de Tiago se dirige aos cristãos judeus dispersos entre todas as nações (Tg 1:1).

Martinho Lutero, o qual detestava esta carta e a chamava de “epístola de palha”, não conseguiu reconhecer que o ensino de Tiago sobre as obras complementava – e não contradizia – o ensino de Paulo sobre a fé. Embora os ensinamentos paulinos se concentrem em nossa justificação com Deus, os ensinamentos de Tiago concentram-se nas obras que exemplificam essa justificação. Tiago escreveu aos judeus para incentivá-los a continuar crescendo nesta nova fé cristã. Tiago destaca que as boas ações fluirão naturalmente daqueles que estão cheios do Espírito e questiona se alguém pode ou não ter uma fé salvadora se os frutos do espírito não puderem ser observados, assim como Paulo descreve em Gálatas 5:22-23.

 

Fontes

  • Introdução traduzida de New King James Version® Copyright © 1982 by Thomas Nelson
  • Got Questions