O Terceiro Livro do Pentateuco

O livro de Levítico é o terceiro livro da Bíblia e do Pentateuco. É o guia de Deus para Seu povo recém redimido, mostrando-lhes como adorar, servir e obedecer a um Deus santo. A comunhão com Deus através do sacrifício e da obediência mostra a incrível santidade do Deus de Israel. De fato, “sereis santos, porque eu sou o SENHOR, teu Deus, santo” (19:2).

Levítico se concentra no culto e na caminhada da nação de Deus. Em Êxodo, Israel foi redimido e estabelecido como um reino de sacerdotes e uma nação santa. Levítico mostra como as pessoas de Deus devem cumprir seu chamado sacerdotal.

O título hebraico é Wayyiqra, “E ele chamou.” O Talmud refere-se a Levítico como a “Lei dos Sacerdotes” e a “Lei das Ofertas”.

O título grego que aparece na Septuaginta é Leuitikon, “Aquilo que Pertence aos levitas”. Desta palavra, a Vulgata latina derivou seu nome Levítico, que foi adotado como o título. Este título é um pouco incorreto porque o livro não trata dos levitas como um todo, mas mais com os sacerdotes, um segmento dos levitas.

Autor

Moisés foi o autor do livro de Levítico.

Quando foi escrito

O Livro de Levítico foi escrito entre 1440 e 1400 AC.

Esboço

  1. Leis sobre sacríficio (1:1–7:38):
    • Instruções para os leigos e suas oferendas (1:1–6:7);
      • Os tipos de oferta: imoladas, cereal, paz, purificação, ofertas de reparação (caps. 1–5);
    • Instruções aos sacerdotes (6:1–7:38):
      • As várias oferendas incluindo a oferta de cereais dos sacerdotes (6:1–7:36);
      • Sumário (7:37–38);
  2. Instituição do sacerdócio (8:1–10:20):
    • Ordenação de Aarão e seus filhos (cap. 8);
    • Aarão realiza os primeiros sacrifícios (cap. 9);
    • Julgamento de Nadabe e Abiú (cap. 10);
  3. Impurezas e seu tratamento (11:1–15:33):
    • Animais impuros (cap. 11);
    • Impurezas provocadas pelo parto (cap. 12);
    • Doenças impuras (cap. 13);
    • Purificação das doenças (cap. 14);
    • Líquidos corporais impuros (cap. 15);
  4. Dia do Perdão: purificação do Tabernáculo dos efeitos do pecado e das impurezas (cap. 16);
  5. Prescrições para a santidade prática (o Código da Santidade), caps. 17–26):
  6. Redenção de juramentos (cap. 27).

Propósito

Porque os israelitas haviam sido mantidos em cativeiro no Egito durante 400 anos, o conceito de Deus tinha sido distorcido pelos egípcios pagãos e politeístas. O objetivo de Levítico é fornecer instruções e leis para orientar um povo pecador, mas redimido, em seu relacionamento com um Deus santo. Há uma ênfase em Levítico na necessidade de santidade pessoal em resposta a um Deus santo.

O pecado deve ser expiado através da oferta de sacrifícios próprios (cap. 8-10). Outros temas abordados no livro são dietas (alimentos puros e impuros), o parto e doenças que são cuidadosamente regulamentadas (cap. 11-15).

O capítulo 16 descreve o Dia da Expiação, neste dia um sacrifício anual é feito pelo pecado cumulativo de todas as pessoas. Além disso, o povo de Deus deve ser discreto na sua vida pessoal, moral e social, em contraste com as práticas atuais e pagãs ao seu redor (caps. 17-22).

Bênçãos ou maldições acompanhariam tanto a obediência quanto o abandono dos mandamentos de Deus (cap. 26). Os votos para o Senhor são abordados no capítulo 27.

 

Fontes

  • Introdução traduzida de New King James Version® Copyright © 1982 by Thomas Nelson
  • Got Questions