O Primeiro Livro Histórico

Josué, o primeiro dos doze livros históricos (de Josué a Ester), forja um elo entre o Pentateuco e o restante da história de Israel. Através de três grandes campanhas militares envolvendo mais de trinta exércitos inimigos, o povo de Israel aprende uma lição crucial sob a liderança hábil de Josué: a vitória vem através da fé em Deus e obediência à Sua palavra, ao invés de poder militar ou superioridade numérica.

O título deste livro é apropriadamente chamado por sua figura central, Josué. Seu nome original é Oséias, “Salvação” (Nm 13:8); mas Moisés, evidentemente, muda para Yehoshua: “Yahweh é Salvação” (Nm 13:16). Ele também é chamado Yeshua, uma forma abreviada de Yehoshua. Este é o equivalente hebreu do nome grego Iesous (Jesus). Assim, o título grego dado ao livro na Septuaginta é Iesous Naus, “Josué, o Filho de Num”.

O título em latim é Liber Josue, o “Livro de Josué”. O nome de Josué é simbólico do fato de que embora ele seja o líder da nação israelita durante a conquista, o Senhor é o Conquistador.

Autor

O Livro de Josué não revela explicitamente o nome do seu autor. É muito provável que Josué, filho de Num e sucessor de Moisés como líder de Israel, escreveu boa parte deste livro. Sabemos, no entanto, que a última parte do livro foi escrita por pelo menos mais uma outra pessoa após a morte de Josué. Também é possível que várias seções foram editadas/compiladas após a sua morte.

Quando foi escrito

O livro de Josué foi provavelmente escrito entre 1400 e 1370 AC.

Esboço

O Livro de Josué continua a história dos israelitas após o êxodo do Egito. O livro narra cerca de 20 anos de liderança de Josué sobre o povo depois que Moisés o ungiu no final do Deuteronômio. Os 24 capítulos do livro de Josué podem ser resumidos da seguinte forma:

  • Js 1-12: Introdução e conquista da Terra Prometida
    • Transferência da liderança de Moisés para Josué
    • Invasão de Canaã
    • Vitória sobre Canaã (6:1–12:24)
      • Destruição de Jericó (6)
      • Fracasso e sucesso em Ai (7:1–8:29)
      • Renovação da aliança no monte Ebal (8:30–35)
      • Outras campanhas em Canaã central (9:1–27)
      • Campanhas em Canaã meridional (10:1–43)
      • Campanhas em Canaã setentrional (11:1–15)
      • Sumário das terras conquistadas (11:16-23)
      • Lista dos reis derrotados (12:1–24)
  • Js 13-22: Instruções para a distribuição da Terra Prometida entre as doze tribos

  • Js 23-24: Discurso de despedida de Josué
    • Discurso de adeus de Josué (23:1–16)
    • Aliança em Siquém (24:1–28)
    • Mortes de Josué e Eleazar; enterro dos ossos de José (24:29–33)

Propósito

O livro de Josué fornece uma visão geral das campanhas militares para conquistar a área de terra que Deus havia prometido. Seguindo o êxodo do Egito e os quarenta anos subsequentes de peregrinação no deserto, a nação recém-formada está agora pronta para entrar na Terra Prometida, conquistar seus habitantes e ocupar o território. A visão que temos aqui nos dá detalhes abreviados e seletivos de muitas das batalhas e das condições nas quais a terra não apenas foi conquistada, mas também dividida em áreas tribais.

 

Fontes

  • Introdução traduzida de New King James Version® Copyright © 1982 by Thomas Nelson
  • Got Questions