Ocultar/Mostrar
LivrosCapítulosVersículosTexto   
LivJoaoCap018:001001 Tendo Jesus partilhado essas palavras, saiu acompanhado por seus discípulos e atravessou o vale de Quidrom. Do outro lado havia um olival, onde entrou com eles. 1

Prisão de Jesus

Tendo Jesus partilhado essas palavras, saiu acompanhado por seus discípulos e atravessou o vale de Quidrom. Do outro lado havia um olival, onde entrou com eles.
2Sm15:23 Mt26:30,36 Mc14:26,32 Lc22:39
2 Samuel 15:23
23 E toda aquela multidão chorava e se lamentava em alta voz, enquanto o exército passava. O rei Davi atravessou o ribeiro de Cedrom, e todos os seus homens com ele, e foram na direção do deserto.
Mateus 26:30,36
30 E assim, após terem cantado um hino de louvor, saíram para o monte das Oliveiras. Jesus prediz a traição de Pedro (…) 36 Seguiu Jesus com seus discípulos e chegando a um lugar chamado Getsêmani disse-lhes: “Assentai-vos por aqui, enquanto vou ali para orar”.
Marcos 14:26,32
26 E, depois de haverem cantado um salmo, partiram para o monte das Oliveiras. Jesus prediz a traição de Pedro (…) 32 Então caminharam para um lugar chamado Getsêmani e, tendo chegado, solicitou Jesus aos seus discípulos: “Assentai-vos aqui, enquanto Eu vou orar”.
Lucas 22:39
39 E, retirando-se, seguiu, como de costume, para o monte das Oliveiras; e os discípulos o acompanharam.
LivJoaoCap018:002002 E Judas, o traidor, também conhecia aquele lugar, pois frequentemente Jesus se reunia ali com seus discípulos. 2E Judas, o traidor, também conhecia aquele lugar, pois frequentemente Jesus se reunia ali com seus discípulos.
Lc21:37 Lc22:39-40
Lucas 21:37
37 Jesus passava o dia ensinando no templo; e ao pôr-do-sol caminhava até o monte chamado das Oliveiras, onde passava a noite.
Lucas 22:39-40
39 E, retirando-se, seguiu, como de costume, para o monte das Oliveiras; e os discípulos o acompanharam. 40 Chegando ao lugar, Jesus lhes instruiu: “Orai, para que não venhais a cair em tentação”.
LivJoaoCap018:003003 Então, tendo Judas guiado um destacamento de soldados romanos e alguns guardas enviados pelos chefes dos sacerdotes e fariseus, chegou a esse lugar com lanternas, tochas e armas. 3Então, tendo Judas guiado um destacamento de soldados romanos e alguns guardas enviados pelos chefes dos sacerdotes e fariseus, chegou a esse lugar com lanternas, tochas e armas.
Mt26:47-56 Mc14:43-50 Lc22:47-53 Jo18:3-11
Mateus 26:47-56
47 E, estando Ele ainda a falar, eis que chegou Judas, um dos Doze, e trazia consigo uma grande multidão armada de espadas e porretes, vinda da parte dos chefes dos sacerdotes e dos líderes religiosos do povo. 48 Mas o traidor havia combinado um sinal com eles, informando-lhes: “Aquele a quem eu saudar com um beijo, esse é quem procurais, prendei-o!” 49 Então, aproximando-se rapidamente de Jesus, disse-lhe Judas: “Eu te saúdo, ó Mestre!” E lhe deu um beijo. 50 Jesus, contudo, lhe perguntou: “Amigo, para que vieste?” No mesmo instante os homens avançaram sobre Jesus e o prenderam. 51 Eis que um dos que estavam com Jesus, estendendo a mão, puxou a espada e ferindo o servo do sumo sacerdote, decepou-lhe uma das orelhas. 52 Mas Jesus lhe ordenou: “Embainha a tua espada; pois todos os que lançam mão da espada pela espada morrerão! 53 Ou imaginas tu que Eu, neste momento, não poderia orar ao meu Pai e Ele colocaria à minha disposição mais de doze legiões de anjos? 54 Entretanto, como então se cumpririam as Escrituras, que afirmam que tudo deve acontecer desta maneira?” 55 E naquele mesmo instante Jesus se dirige às multidões indagando-lhes: “Lidero Eu algum tipo de rebelião, para que venham contra mim com espadas e porretes e me prendam? Pois todos os dias estive ensinando no templo e vós não me prendestes! 56 Todavia, esses fatos todos ocorreram em cumprimento às Escrituras dos profetas”. E assim, todos os discípulos abandonaram a Jesus e fugiram. Jesus diante do tribunal
Marcos 14:43-50
43 Jesus ainda não havia terminado de falar, quando surgiu Judas, um dos Doze. E com ele chegou uma multidão armada de espadas e cassetetes, vinda da parte dos chefes dos sacerdotes, mestres da lei e líderes religiosos. 44 Ora, o traidor tinha combinado um sinal com eles: “Aquele a quem eu saudar com um beijo, é Ele: prendei-o e levai-o sob forte segurança”. 45 Então, assim que chegou, dirigiu-se imediatamente para Jesus e o saudou: “Rabbi!”. E o beijou. 46 Em seguida, os homens agarraram Jesus e o prenderam. 47 Nesse momento, um dos que estavam bem próximos puxou da espada e feriu o servo do sumo sacerdote, decepando-lhe a orelha. 48 Exclamou-lhes Jesus: “Acaso estou Eu liderando alguma rebelião, para virdes me prender com espadas e cassetetes? 49 Pois diariamente tenho estado convosco no templo, vos ensinando, e não me prendestes. Contudo, é para que se cumpram as Escrituras”. 50 Logo em seguida, todos fugiram e o abandonaram.
Lucas 22:47-53
47 Enquanto Ele ainda falava, chegou uma multidão seguindo a Judas, um dos Doze. Este se aproximou de Jesus para saudá-lo com um beijo. 48 Jesus, no entanto, lhe argüiu: “Judas, por meio de um ósculo estás traindo o Filho do homem?” 49 Ao perceberem o que se sucederia, os que estavam com Jesus lhe propuseram: “Senhor! Devemos atacá-los à espada?” 50 E um deles feriu o servo do sumo sacerdote, decepando-lhe a orelha direita. 51 Contudo, Jesus interveio e ordenou: “Deixai-os. Basta!” E tocando a orelha do homem, Ele o curou. 52 Então, voltando-se Jesus para os chefes dos sacerdotes, os oficiais da guarda do templo e os líderes do povo que haviam chegado para prendê-lo, inquiriu-lhes: “Viestes contra mim com espadas e varas, como se Eu estivesse liderando uma rebelião? 53 Todos os dias Eu estive convosco no templo e não estendestes as mãos contra mim. Contudo, esta é a vossa hora, quando as trevas dominam”. Pedro nega a Jesus
João 18:3-11
3 Então, tendo Judas guiado um destacamento de soldados romanos e alguns guardas enviados pelos chefes dos sacerdotes e fariseus, chegou a esse lugar com lanternas, tochas e armas. …
LivJoaoCap018:004004 Entretanto, tendo Jesus pleno conhecimento de tudo o que viria sobre Ele, saiu ao encontro deles e lhes perguntou: “A quem procurais?” 4Entretanto, tendo Jesus pleno conhecimento de tudo o que viria sobre Ele, saiu ao encontro deles e lhes perguntou: “A quem procurais?”
Jo1:38 Jo13:1 Jo18:7 Jo20:15
João 1:38
38 Então Jesus, voltando-se e vendo que os dois o seguiam, disse-lhes: “Que estais procurando?” Eles disseram: “Rabi , onde estás hospedado?”
João 13:1
1 Assim, pouco antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que havia chegado o tempo de Deus, em que partiria deste mundo e iria para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim.
João 18:7
7 Então Jesus lhes perguntou de novo: “A quem procurais?” E eles disseram: “A Jesus de Nazaré.”
João 20:15
15 E Jesus perguntou-lhe: “Mulher, por que estás chorando? A quem procuras?” Maria, imaginando que fosse o jardineiro, rogou-lhe: “Se tu o tiraste daqui, dize-me onde o colocaste, e eu o levarei.”
LivJoaoCap018:005005 Responderam-lhe: “A Jesus de Nazaré!” Ao que lhes respondeu Jesus: “Eu Sou Jesus.” E Judas, aquele que o traiu, estava com eles. 5Responderam-lhe: “A Jesus de Nazaré!” Ao que lhes respondeu Jesus: “Eu Sou Jesus.” E Judas, aquele que o traiu, estava com eles.
LivJoaoCap018:006006 Assim que Jesus lhes disse: “Eu Sou Jesus”, eles recuaram atônitos e caíram no chão. 6Assim que Jesus lhes disse: “Eu Sou Jesus”, eles recuaram atônitos e caíram no chão.
Mt26:53 Jo10:18 Ap1:17
Mateus 26:53
53 Ou imaginas tu que Eu, neste momento, não poderia orar ao meu Pai e Ele colocaria à minha disposição mais de doze legiões de anjos?
João 10:18
18 Ninguém a tira de mim; antes Eu a entrego de espontânea vontade. Tenho poder para entregá-la, e poder para retomá-la. Esse é o mandamento que recebi de meu Pai.” Mais uma divisão entre os judeus
Apocalipse 1:17
17 Assim que o admirei, caí a seus pés como se estivesse morto. Então, Ele colocou sua mão direita sobre mim, e disse: “Não tenhas medo, Eu Sou o primeiro e o último.
LivJoaoCap018:007007 Então Jesus lhes perguntou de novo: “A quem procurais?” E eles disseram: “A Jesus de Nazaré.” 7Então Jesus lhes perguntou de novo: “A quem procurais?” E eles disseram: “A Jesus de Nazaré.”
Jo18:4
João 18:4
4 Entretanto, tendo Jesus pleno conhecimento de tudo o que viria sobre Ele, saiu ao encontro deles e lhes perguntou: “A quem procurais?”
LivJoaoCap018:008008 Jesus lhes exclamou: “Eu já vos disse que Eu Sou Jesus. Por isso, se é a mim que buscais, deixai estes homens seguirem seus caminhos.” 8Jesus lhes exclamou: “Eu já vos disse que Eu Sou Jesus. Por isso, se é a mim que buscais, deixai estes homens seguirem seus caminhos.”
LivJoaoCap018:009009 Isso aconteceu para que se cumprissem as palavras que Ele dissera: “Não perdi nenhum de todos os que me deste.” 9Isso aconteceu para que se cumprissem as palavras que Ele dissera: “Não perdi nenhum de todos os que me deste.”
Jo17:12
João 17:12
12 Enquanto Eu estava com eles, protegi-os e os defendi em teu Nome. E nenhum deles se perdeu, exceto o filho da perdição, para que se cumprisse a Escritura.
LivJoaoCap018:010010 Nesse momento, Simão Pedro, que portava uma espada, puxou-a da bainha e feriu o servo do sumo sacerdote, decepando-lhe a orelha direita. E o nome daquele servo era Malco. 10Nesse momento, Simão Pedro, que portava uma espada, puxou-a da bainha e feriu o servo do sumo sacerdote, decepando-lhe a orelha direita. E o nome daquele servo era Malco.
Lc22:38
Lucas 22:38
38 Então os discípulos afirmaram: “Senhor, eis aqui duas espadas!” Mas Jesus lhes exortou: “É o bastante!” Jesus sai para orar no monte
LivJoaoCap018:011011 Então Jesus ordenou a Pedro: “Embainha a tua espada! Acaso não haverei de beber o cálice que o Pai me deu?” Jesus diante das autoridades 11Então Jesus ordenou a Pedro: “Embainha a tua espada! Acaso não haverei de beber o cálice que o Pai me deu?” Jesus diante das autoridades
Is51:22 Mt20:22 Mt26:39,42
Isaías 51:22
22 Assim declara o teu Soberano, o Eterno Yahweh, teu Deus, que vai à frente do seu povo para defendê-lo: “Em verdade haverei de tirar das tuas mãos a taça da vertigem, isto é, o cálice da minha ira. Tu não tornarás a tomar dele jamais!
Mateus 20:22
22 “Não sabeis o que pedis!”, contestou-lhes Jesus. “Podeis vós beber o cálice que Eu estou prestes a beber e ser batizados com o batismo com o qual estou sendo batizado?” E eles afirmaram: “Podemos!”
Mateus 26:39,42
39 Seguindo um pouco mais adiante, prostrou-se com o rosto em terra e orou: “Ó meu Pai, se possível for, passa de mim este cálice! Contudo, não seja como Eu desejo, mas sim como Tu queres”. (…) 42 E afastando-se uma vez mais, orou dizendo: “Ó meu Pai, se este cálice não puder passar de mim sem que eu o beba, seja feita a tua vontade”.
LivJoaoCap018:012012 Assim, o destacamento de soldados com o seu comandante e os guardas dos judeus prenderam Jesus e o amarraram. 12

Jesus perante Anás e Caifás. Negação de Pedro

Assim, o destacamento de soldados com o seu comandante e os guardas dos judeus prenderam Jesus e o amarraram.
LivJoaoCap018:013013 E o conduziram primeiramente a Anás; pois era sogro de Caifás, sumo sacerdote naquele ano. 13E o conduziram primeiramente a Anás; pois era sogro de Caifás, sumo sacerdote naquele ano.
Mt26:3,57 Lc3:2 Jo18:24,28 At4:6 At26:3
Mateus 26:3,57
3 Enquanto isso, os chefes dos sacerdotes e os anciãos do povo se reuniram no palácio do sumo sacerdote, cujo nome era Caifás. (…) 57 Então, os que prenderam Jesus o conduziram à presença de Caifás, o sumo sacerdote, em cuja residência estavam reunidos os mestres da lei e os anciãos.
Lucas 3:2
2 Anás e Caifás exerciam o ofício de sumo sacerdotes. Foi nesse mesmo ano que João, filho de Zacarias, recebeu uma palavra convocatória do Senhor, no deserto.
João 18:24,28
24 Sendo assim, Anás mandou Jesus, de mãos amarradas, a Caifás, o sumo sacerdote. Cristo é negado pela terceira vez Mt 26.71-75; Mc 14.69-72; Lc 22.58-62 (…) 28 Então os judeus levaram Jesus da casa de Caifás para o Pretório. E já estava amanhecendo. Mas eles não entraram no Pretório, para evitar a contaminação cerimonial,pois desejavam comer a Páscoa.
Atos 4:6
6 Estavam reunidos Anás, o sumo sacerdote, bem como Caifás, João, Alexandre e todos os que eram da família do sumo sacerdote.
Atos 26:3
3 especialmente porque és versado em todos os costumes e questões que há entre os judeus. Por este motivo, rogo-te que me ouças com paciência.
LivJoaoCap018:014014 Ora, Caifás era quem havia sugerido aos judeus ser conveniente morrer um homem pelo povo. Pedro nega ser discípulo de Cristo Mt 26.69-75; Mc 14.66-72; Lc22.54-62 14Ora, Caifás era quem havia sugerido aos judeus ser conveniente morrer um homem pelo povo. Pedro nega ser discípulo de Cristo Mt 26.69-75; Mc 14.66-72; Lc22.54-62
Jo11:50
João 11:50
50 Nem considerais que é do vosso interesse que morra um só homem pelo povo, e não pereça toda a nação.”
LivJoaoCap018:015015 Simão Pedro e outro discípulo estavam seguindo Jesus. Por ser conhecido do sumo sacerdote, este discípulo entrou com Jesus no pátio da casa do sumo sacerdote. 15Simão Pedro e outro discípulo estavam seguindo Jesus. Por ser conhecido do sumo sacerdote, este discípulo entrou com Jesus no pátio da casa do sumo sacerdote.
Mt26:58 Mc14:54 Lc22:54
Mateus 26:58
58 Contudo Pedro seguiu a Jesus de longe até o pátio do sumo sacerdote, entrou e sentou-se junto aos guardas, para sondar qual seria o fim daquela ocorrência.
Marcos 14:54
54 Pedro o seguiu de longe até o pátio do sumo sacerdote. E permaneceu assentado entre os criados, aquecendo-se junto ao fogo.
Lucas 22:54
54 Então, prenderam a Jesus, o levaram e o fizeram entrar na casa do sumo sacerdote. Pedro, entretanto, os seguia à distância.
LivJoaoCap018:016016 Entretanto, Pedro teve de ficar esperando do lado de fora da porta. O outro discípulo, que era conhecido do sumo sacerdote, voltou, falou com a criada encarregada da porta e levou Pedro para dentro. 16Entretanto, Pedro teve de ficar esperando do lado de fora da porta. O outro discípulo, que era conhecido do sumo sacerdote, voltou, falou com a criada encarregada da porta e levou Pedro para dentro.
Mt26:69-70 Mc14:66-68 Lc22:55-57 Jo18:16-18
Mateus 26:69-70
69 Pedro encontrava-se assentado do lado de fora da casa, no pátio, quando uma criada, aproximando-se dele, afirmou: “Tu também estavas com Jesus, o galileu!” 70 Ele, entretanto, negou a Jesus perante todos os presentes, declarando: “Não sei do que falas.”
Marcos 14:66-68
66 Continuando Pedro na parte de baixo, no pátio, uma das criadas do sumo sacerdote passou por ali. 67 E, vendo a Pedro se aquecendo, fixou bem seus olhos nele e afirmou: “Tu também estavas com Jesus, o Nazareno!”. 68 Todavia, ele o negou, assegurando: “Não o conheço, nem ao menos sei do que estás falando”. Então foi para fora, em direção ao pórtico. E um galo cantou.
Lucas 22:55-57
55 Mas, quando acenderam um fogo no meio do pátio e se sentaram ao redor dele, Pedro assentou-se com eles. 56 Uma criada o viu sentado ali à luz do fogo e olhando fixamente em seu rosto o acusou: “Este homem também estava com Ele!” 57 Contudo, Pedro negou, assegurando-lhe: “Mulher, não o conheço!”
João 18:16-18
16 Entretanto, Pedro teve de ficar esperando do lado de fora da porta. O outro discípulo, que era conhecido do sumo sacerdote, voltou, falou com a criada encarregada da porta e levou Pedro para dentro. …
LivJoaoCap018:017017 Então, a jovem criada, encarregada da porta, perguntou a Pedro: “Não és, tu também, um dos discípulos deste homem?” Pedro respondeu: “Eu não sou.” 17Então, a jovem criada, encarregada da porta, perguntou a Pedro: “Não és, tu também, um dos discípulos deste homem?” Pedro respondeu: “Eu não sou.”
At12:13
Atos 12:13
13 Eis que Pedro chega e bate à porta do alpendre, e uma serva chamada Rode veio atender.
LivJoaoCap018:018018 Fazia frio, e os servos e os guardas estavam ali; tendo acendido uma fogueira, esquentavam-se. E Pedro estava em pé entre eles, aquecendo-se também. Jesus diante do sumo sacerdote 18Fazia frio, e os servos e os guardas estavam ali; tendo acendido uma fogueira, esquentavam-se. E Pedro estava em pé entre eles, aquecendo-se também. Jesus diante do sumo sacerdote
Mc14:54 Jo18:25
Marcos 14:54
54 Pedro o seguiu de longe até o pátio do sumo sacerdote. E permaneceu assentado entre os criados, aquecendo-se junto ao fogo.
João 18:25
25 Enquanto isso, Pedro estava em pé, se aquecendo, quando alguém lhe perguntou: “Não és, tu também, um dos discípulos dele?” Pedro nega dizendo: “Não, eu não sou!”
LivJoaoCap018:019019 Então, o sumo sacerdote interrogou a Jesus sobre seus discípulos e sua doutrina. 19Então, o sumo sacerdote interrogou a Jesus sobre seus discípulos e sua doutrina.
Mt26:59-68 Mc14:55-65 Lc22:63-71 Jo18:19-24
Mateus 26:59-68
59 Mas os líderes dos sacerdotes e todo o Sinédrio estavam tentando suscitar um falso testemunho contra Jesus, para que tivessem o direito de condená-lo à morte. 60 Todavia, nada encontraram, apesar de se terem apresentado vários depoimentos inverídicos. Ao final, entretanto, compareceram duas testemunhas que alegaram: 61 “Este homem afirmou: ‘Tenho poder para destruir o santuário de Deus e reconstruí-lo em três dias’”. 62 Então o sumo sacerdote levantou-se e interrogou a Jesus: “Não tens o que responder a estes que depõem contra ti?” 63 Mas Jesus manteve-se em silêncio. Diante do que o sumo sacerdote lhe intimou: “Eu te coloco sob juramento diante do Deus vivo e exijo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus!” 64 “Tu mesmo o declaraste”, afirmou-lhe Jesus. “Contudo, Eu revelo a todos vós: Chegará o dia em que vereis o Filho do homem assentado à direita do Todo-Poderoso, vindo sobre as nuvens do céu!” 65 Diante disso, o sumo sacerdote rasgou as suas vestes denunciando: “Ele blasfemou! Por que necessitamos de outras testemunhas? Eis que acabais de ouvir tal blasfêmia!” 66 “Que vos parece?” Responderam eles: “Culpado e merecedor de morte é!” 67 Neste momento, alguns cuspiram em seu rosto e o esmurravam, enquanto outros lhe desferiam tapas, vociferando: 68 “Profetiza-nos, pois, ó Cristo, quem é que te bateu?” Quando Pedro negou a Jesus
Marcos 14:55-65
55 Os chefes dos sacerdotes e todo o Sinédrio estavam buscando denúncias contra Jesus, todavia não conseguiam encontrar nenhuma. 56 Várias pessoas também testemunharam falsamente contra Ele, contudo, suas declarações não se mostraram coerentes. 57 Então, outros se levantaram para testemunhar inverdades contra Ele: 58 Nós o ouvimos exclamar: “Eu destruirei este templo construído por mãos humanas e em três dias edificarei outro, não erguido por mãos de homens”. 59 Entretanto, nem mesmo quanto a essa acusação o testemunho deles era congruente. 60 Então o sumo sacerdote levantou-se diante de todos e interrogou a Jesus: “Nada contestas à denúncia que estes levantam contra ti?” 61 Ele, contudo, permaneceu em silêncio e nada replicou. Mas o sumo sacerdote voltou a indagá-lo: “És tu o Messias, o Filho do Deus Bendito?” 62 Jesus asseverou: “Eu Sou! E vereis o Filho do homem assentado à direita do Poderoso e chegando com as nuvens do céu”. 63 Diante disto, o sumo sacerdote rasgou suas vestes e esbravejou: “Por que ainda necessitamos de outras testemunhas?” 64 “Ouvistes a blasfêmia! Que vos parece?” E todos o julgaram merecedor da pena de morte. 65 E assim alguns começaram a cuspir nele; encapuzaram-no, vendando seus olhos e, esmurrando-o, exclamavam: “Profetiza!”. E os guardas o levaram debaixo de bofetadas. Pedro nega a Jesus
Lucas 22:63-71
63 Os homens que haviam detido a Jesus começaram a zombar dele e a espancá-lo. 64 Vendaram seus olhos e escarneciam: “Profetiza-nos: quem é que te esbofeteou?” 65 E lhe dirigiam muitas outras palavras infames, blasfemando. Jesus diante dos líderes judeus 66 Logo que o dia clareou, reuniu-se todo o Sinédrio, tanto os chefes dos sacerdotes quanto os mestres da lei, e Jesus foi conduzido à presença dos maiores líderes do povo, onde o interrogaram: 67 “Se tu és o Cristo, declara-o a nós!” Então Jesus lhes respondeu: “Se vo-lo disser, não acreditareis em mim. 68 Assim como, se Eu vos questionar, tampouco me atendereis. 69 No entanto, a partir de agora, o Filho do homem estará assentado à direita do poder soberano de Deus!” 70 Ao que todos lhe inquiriram: “Ora, então Tu és o Filho de Deus?” Então, Jesus lhes afirmou: “Vós dizeis que Eu Sou”. 71 Diante disso, exclamaram todos: “Por que precisamos de mais testemunhas? Posto que acabamos de ouvir a confissão da sua própria boca!”
João 18:19-24
19 Então, o sumo sacerdote interrogou a Jesus sobre seus discípulos e sua doutrina. …
LivJoaoCap018:020020 Declarou-lhe Jesus: “Eu tenho falado francamente ao mundo; ensinei frequentemente nas sinagogas e no templo, onde todos os judeus se reúnem, e nada disse em segredo. 20Declarou-lhe Jesus: “Eu tenho falado francamente ao mundo; ensinei frequentemente nas sinagogas e no templo, onde todos os judeus se reúnem, e nada disse em segredo.
Is45:19 Is48:16 Mt26:55 Jo7:4,26 Jo8:26
Isaías 45:19
19 Não falei em segredo, nem em algum lugar obscuro da terra; não disse à descendência de Jacó: Buscai-me por nada, sem sentido. Ora, Eu, Yahweh, falo a verdade; Eu proclamo o que é correto.
Isaías 48:16
16 Chegai-vos a mim e ouvi isto; não usei de enigmas e segredos desde que mandei o primeiro anúncio; desde a profecia e na hora em que tudo acontecer, estarei ali!”. E agora, pois, o Eterno Deus me enviou a mim com o seu Espírito.
Mateus 26:55
55 E naquele mesmo instante Jesus se dirige às multidões indagando-lhes: “Lidero Eu algum tipo de rebelião, para que venham contra mim com espadas e porretes e me prendam? Pois todos os dias estive ensinando no templo e vós não me prendestes!
João 7:4,26
4 Porque ninguém age às ocultas enquanto procura ser publicamente reconhecido. Se realizas estas obras, manifesta-te ao mundo.” (…) 26 Mas observai! Ele fala atrevidamente, e eles não lhe dizem nada. Será que as autoridades reconhecem que Ele é verdadeiramente o Messias?
João 8:26
26 Eu tenho muito mais a declarar e julgar a respeito de vós. Pois Aquele que me enviou é digno de toda a confiança, assim, transmito ao mundo as palavras que dele ouvi.”
LivJoaoCap018:021021 Por que me interrogas? Pergunta àqueles que me ouviram o que lhes falei; eles bem sabem o que Eu disse.” 21Por que me interrogas? Pergunta àqueles que me ouviram o que lhes falei; eles bem sabem o que Eu disse.”
LivJoaoCap018:022022 Assim que Jesus disse isso, um dos guardas que ali estavam bateu-lhe fortemente no rosto, com a palma da mão, dizendo: “Isso é maneira de responder ao sumo sacerdote?” 22Assim que Jesus disse isso, um dos guardas que ali estavam bateu-lhe fortemente no rosto, com a palma da mão, dizendo: “Isso é maneira de responder ao sumo sacerdote?”
At23:4
Atos 23:4
4 Os que estavam ao redor, exclamaram: “Como ousas insultar o sumo sacerdote de Deus?”
LivJoaoCap018:023023 E Jesus respondeu ao guarda: “Se Eu disse algo de mal, revela o mal. Mas se disse a verdade por que me agrediste?” 23E Jesus respondeu ao guarda: “Se Eu disse algo de mal, revela o mal. Mas se disse a verdade por que me agrediste?”
LivJoaoCap018:024024 Sendo assim, Anás mandou Jesus, de mãos amarradas, a Caifás, o sumo sacerdote. Cristo é negado pela terceira vez Mt 26.71-75; Mc 14.69-72; Lc 22.58-62 24Sendo assim, Anás mandou Jesus, de mãos amarradas, a Caifás, o sumo sacerdote. Cristo é negado pela terceira vez Mt 26.71-75; Mc 14.69-72; Lc 22.58-62
Jo18:13
João 18:13
13 E o conduziram primeiramente a Anás; pois era sogro de Caifás, sumo sacerdote naquele ano.
LivJoaoCap018:025025 Enquanto isso, Pedro estava em pé, se aquecendo, quando alguém lhe perguntou: “Não és, tu também, um dos discípulos dele?” Pedro nega dizendo: “Não, eu não sou!” 25Enquanto isso, Pedro estava em pé, se aquecendo, quando alguém lhe perguntou: “Não és, tu também, um dos discípulos dele?” Pedro nega dizendo: “Não, eu não sou!”
Mt26:71-75 Mc14:69-72 Lc22:58-62 Jo18:25-27
Mateus 26:71-75
71 E, saindo em direção à entrada do pátio, foi ele reconhecido por outra criada, a qual o denunciou a todos que ali se achavam, exclamando: “Este homem estava com Jesus, o Nazareno!” 72 Mas Pedro, sob juramento, o negou uma vez mais, afirmando: “Não conheço tal indivíduo”.. 73 Algum tempo mais tarde, os que estavam ao redor aproximaram-se de Pedro e o acusaram: “Com toda a certeza és igualmente um deles, porquanto o teu modo de falar o denuncia”. 74 Então, ele começou a jurar e a pedir a Deus que o amaldiçoasse caso não estivesse dizendo a verdade, e exclamou: “Não conheço esse homem!” No mesmo instante um galo cantou. 75 E naquele momento, Pedro se lembrou da palavra de Jesus que lhe advertira: “Antes que o galo cante, tu me negarás três vezes.” E, deixando aquele lugar, chorou amargamente.
Marcos 14:69-72
69 Quando a criada o viu lá, começou novamente a falar às pessoas que estavam em derredor: “Este é um deles!”. 70 Porém, uma vez mais, ele o negou. E, pouco tempo mais tarde, os que estavam sentados ali perto identificaram Pedro: “Com toda a certeza, tu és um deles, pois és galileu também!”. 71 Pedro começou a amaldiçoar-se e a jurar: “Não conheço esse homem de quem falais!”. 72 E, em seguida, o galo cantou pela segunda vez. Então Pedro se lembrou da palavra que Jesus lhe dissera: “Antes que duas vezes cante o galo, tu me negarás três vezes”. E, percebendo o que fizera, caiu em profundo pranto.
Lucas 22:58-62
58 Pouco depois, um homem também o viu e afirmou: “Tu também és um deles!” Mas Pedro o contradisse: “Homem, eu não sou!” 59 Então, havendo passado cerca de uma hora, outro homem o identificou: “Com toda a certeza, também este homem, estava com ele, porquanto também é galileu!” 60 Ao que Pedro exclamou: “Homem, não sei do que estás falando!” E falava ele ainda, quando o galo cantou. 61 E aconteceu que o Senhor encontrou-se com Pedro e o olhou diretamente nos olhos. Então Pedro se lembrou da palavra que o Senhor lhe havia predito: “Antes que o galo cante hoje, tu me negarás três vezes”. 62 Então Pedro, retirando-se dali, chorou amargamente. Jesus é humilhado e torturado
João 18:25-27
25 Enquanto isso, Pedro estava em pé, se aquecendo, quando alguém lhe perguntou: “Não és, tu também, um dos discípulos dele?” Pedro nega dizendo: “Não, eu não sou!” …
LivJoaoCap018:026026 Um dos criados do sumo sacerdote, parente daquele a quem Pedro havia decepado a orelha, perguntou: “Não te vi no olival com Ele?” 26Um dos criados do sumo sacerdote, parente daquele a quem Pedro havia decepado a orelha, perguntou: “Não te vi no olival com Ele?”
Jo18:1,10
João 18:1,10
1 Tendo Jesus partilhado essas palavras, saiu acompanhado por seus discípulos e atravessou o vale de Quidrom. Do outro lado havia um olival, onde entrou com eles. (…) 10 Nesse momento, Simão Pedro, que portava uma espada, puxou-a da bainha e feriu o servo do sumo sacerdote, decepando-lhe a orelha direita. E o nome daquele servo era Malco.
LivJoaoCap018:027027 Mais uma vez Pedro negou, e naquele exato momento, um galo cantou. Jesus diante da corte de Pilatos Mt 27.1,2; Mc 15.1; Lc 23.1 27Mais uma vez Pedro negou, e naquele exato momento, um galo cantou. Jesus diante da corte de Pilatos Mt 27.1,2; Mc 15.1; Lc 23.1
Jo13:38
João 13:38
38 Jesus adverte-o: “Darás a tua vida por mim? Em verdade, em verdade te afirmo que antes que o galo cante, tu me negarás três vezes!
LivJoaoCap018:028028 Então os judeus levaram Jesus da casa de Caifás para o Pretório. E já estava amanhecendo. Mas eles não entraram no Pretório, para evitar a contaminação cerimonial,pois desejavam comer a Páscoa. 28

Jesus perante Pilatos

Então os judeus levaram Jesus da casa de Caifás para o Pretório. E já estava amanhecendo. Mas eles não entraram no Pretório, para evitar a contaminação cerimonial,pois desejavam comer a Páscoa.
Mt27:2,27 Mc15:1 Lc23:1 Jo11:55 Jo18:24,33 Jo19:9,14 At10:28 At11:3
Mateus 27:2,27
2 Então, amarrando-o, levaram-no e o entregaram a Pilatos, o governador. Judas com remorso suicida-se! (…) 27 E sucedeu que os soldados do governador conduziram Jesus ao Pretório e agruparam toda a tropa ao redor dele.
Marcos 15:1
1 Ao raiar do dia, entraram em assembléia os chefes dos sacerdotes com os líderes religiosos, os mestres da lei e todo o Supremo Tribunal dos Judeus e tomaram uma decisão: amarraram Jesus, levaram-no e o entregaram a Pilatos.
Lucas 23:1
1 Então todo o conselho dos principais líderes do povo judeu levantou-se e conduziu Jesus a Pilatos.
João 11:55
55 A Páscoa dos judeus estava próxima, e muitos daquela região do interior subiram para Jerusalém, a fim de participarem das cerimônias de purificação antes da Páscoa.
João 18:24,33
24 Sendo assim, Anás mandou Jesus, de mãos amarradas, a Caifás, o sumo sacerdote. Cristo é negado pela terceira vez Mt 26.71-75; Mc 14.69-72; Lc 22.58-62 (…) 33 Então Pilatos entrou novamente no Pretório, chamou a Jesus e interrogou-lhe: “És tu o rei dos judeus?”
João 19:9,14
9 e, voltando para dentro do Pretório, interrogou a Jesus: “De onde vens tu?” Todavia, Jesus não lhe deu qualquer resposta. (…) 14 E esse era o Dia da Preparação, a sexta-feira da semana da Páscoa, por volta da hora sexta, quando, então, Pilatos declarou aos judeus: “Eis aqui o vosso rei!”
Atos 10:28
28 e lhes explicou: “Vós bem sabeis que é contra a nossa Lei um judeu associar-se a qualquer gentio, nem mesmo por uma breve visita. Contudo, Deus revelou-me que a nenhuma pessoa devo considerar impura ou imunda.
Atos 11:3
3 “Entraste na casa de homens incircuncisos e ainda comeste com eles!”
LivJoaoCap018:029029 Assim, Pilatos saiu para falar com eles e perguntou-lhes: “Que acusação trazeis contra este homem?” 29Assim, Pilatos saiu para falar com eles e perguntou-lhes: “Que acusação trazeis contra este homem?”
Mt27:11-14 Mc15:2-5 Lc23:2-3 Jo18:29-38
Mateus 27:11-14
11 Jesus foi conduzido à presença do governador; e este o interrogou: “És tu o rei dos judeus?” Afirmou-lhe Jesus: “Tu o dizes”. 12 Então, passou a ser acusado pelos chefes dos sacerdotes e pelos anciãos, mas Ele nada respondeu. 13 Foi quando lhe questionou Pilatos: “Não ouves a acusação que todos levantam contra Ti?” 14 Jesus, entretanto, mantinha-se em absoluto silêncio; e, por isso, ficou o governador fortemente impressionado.
Marcos 15:2-5
2 Então Pilatos o interrogou: “És tu o rei dos judeus?” Ao que Jesus lhe replicou: “Tu o dizes”. 3 E os chefes dos sacerdotes passaram a levantar várias outras acusações contra Ele. 4 Por isso Pilatos indagou uma vez mais: “Nada respondes? Vê quantas acusações te fazem!”. 5 Mas Jesus não respondeu uma só palavra, a ponto de Pilatos ficar muito impressionado.
Lucas 23:2-3
2 E ali passaram a acusá-lo, alegando: “Encontramos este homem subvertendo a nossa nação. Inclusive, proibindo o pagamento de impostos a César e se dizendo o Messias, o Rei!” 3 Diante disso, lhe interrogou Pilatos: “És tu o rei dos judeus?” Replicou-lhe Jesus: “De fato, é como dizes!”
João 18:29-38
29 Assim, Pilatos saiu para falar com eles e perguntou-lhes: “Que acusação trazeis contra este homem?” …
LivJoaoCap018:030030 Responderam-lhe: “Se Ele não fosse um malfeitor, não o teríamos entregado a ti.” 30Responderam-lhe: “Se Ele não fosse um malfeitor, não o teríamos entregado a ti.”
LivJoaoCap018:031031 Entretanto, replicou-lhes Pilatos: “Levai-o vós mesmos e julgai-o conforme a vossa Lei.” Ao que lhe contestaram os judeus: “Mas nós não somos autorizados a matar ninguém.” 31Entretanto, replicou-lhes Pilatos: “Levai-o vós mesmos e julgai-o conforme a vossa Lei.” Ao que lhe contestaram os judeus: “Mas nós não somos autorizados a matar ninguém.”
Jo19:6
João 19:6
6 Ao verem-no, os chefes dos sacerdotes e os guardas gritaram: “Crucifica-o! Crucifica-o!” Mas Pilatos contestou-os dizendo: “Levai-o vós outros e crucificai-o. Pois eu não encontro nele culpa alguma.”
LivJoaoCap018:032032 Isso ocorreu para que se cumprissem as palavras que Jesus havia dito, revelando o tipo de morte que estava para sofrer. 32Isso ocorreu para que se cumprissem as palavras que Jesus havia dito, revelando o tipo de morte que estava para sofrer.
Mt20:19 Mt26:2 Mc10:33 Lc18:32 Jo12:32-33 Jo13:18
Mateus 20:19
19 E o entregarão aos gentios para ser zombado, torturado e crucificado; mas ao terceiro dia Ele será ressuscitado!” É preciso sabedoria para pedir
Mateus 26:2
2 “Como sabeis, daqui a dois dias, a Páscoa será celebrada; e o Filho do homem será entregue para ser crucificado”.
Marcos 10:33
33 “Eis que subimos para Jerusalém, e o filho do Homem será entregue nas mãos dos chefes dos sacerdotes e dos mestres da lei. Eles o condenarão à morte e o entregarão aos gentios,
Lucas 18:32
32 Ele será entregue aos gentios que zombarão dele, o insultarão, cuspirão nele, e depois de muito açoitá-lo, o matarão.
João 12:32-33
32 Mas Eu, quando for levantado da terra, atrairei todas as pessoas para mim.” 33 Ele disse isso para expressar o tipo de morte que haveria de sofrer.
João 13:18
18 Eu não estou falando a respeito de todos vós, pois conheço aqueles que escolhi; mas é necessário que isso ocorra para que se cumpra a Escritura: ‘Aquele que partilhava do meu pão levantou-se contra mim’.
LivJoaoCap018:033033 Então Pilatos entrou novamente no Pretório, chamou a Jesus e interrogou-lhe: “És tu o rei dos judeus?” 33Então Pilatos entrou novamente no Pretório, chamou a Jesus e interrogou-lhe: “És tu o rei dos judeus?”
Jo19:9,12
João 19:9,12
9 e, voltando para dentro do Pretório, interrogou a Jesus: “De onde vens tu?” Todavia, Jesus não lhe deu qualquer resposta. (…) 12 Desse momento em diante, Pilatos procurou libertar Jesus, mas os judeus o ameaçaram exclamando: “Se deixares esse homem em liberdade, não és amigo de César; pois todo aquele que se faz rei é contra César.”
LivJoaoCap018:034034 Jesus lhe respondeu: “Essa questão é tua, ou outros te falaram a meu respeito?” 34Jesus lhe respondeu: “Essa questão é tua, ou outros te falaram a meu respeito?”
LivJoaoCap018:035035 Replicou-lhe Pilatos: “Porventura sou judeu? A tua própria gente e os chefes dos sacerdotes é que te entregaram a mim. Que fizeste?” 35Replicou-lhe Pilatos: “Porventura sou judeu? A tua própria gente e os chefes dos sacerdotes é que te entregaram a mim. Que fizeste?”
LivJoaoCap018:036036 Ao que lhe afirmou Jesus: “Meu Reino não é deste mundo. Se fosse, os meus servos lutariam para impedir que os judeus me prendessem. Mas, agora, meu Reino não é daqui.” 36Ao que lhe afirmou Jesus: “Meu Reino não é deste mundo. Se fosse, os meus servos lutariam para impedir que os judeus me prendessem. Mas, agora, meu Reino não é daqui.”
Dn2:44 Dn7:14,27 Mt26:53 Lc17:21 Jo6:15 Jo8:23 Jo15:19 Jo17:14,16 Jo19:16 1Jo2:16 1Jo4:5
Daniel 2:44
44 No entanto, na época do governo desses reis, Elah, o Deus dos céus, estabelecerá um novo reino que nunca será destruído e que também não será dominado por nenhum outro povo. A soberania desse reino jamais será transferida a nenhum outro povo. Todavia, esse novo reino destruirá e exterminará todos esses outros reinos, e subsistirá para todo o sempre.
Daniel 7:14,27
14 E foi-lhe outorgada toda a autoridade, glória e posse do Reino, para que todos os povos, nações e línguas o adorem e o sirvam; o seu domínio é domínio eterno, que jamais terá fim; e o seu Reino jamais será destruído. (…) 27 E assim, o domínio, o poder e a grandeza dos reinos que há debaixo de todo o céu serão colocados nas mãos da multidão dos santos, o povo de Elyôn, o Altíssimo. E o reino de Deus será um reino sem fim, e todos os governantes e domínios o adorarão, obedecerão e servirão eternamente!’
Mateus 26:53
53 Ou imaginas tu que Eu, neste momento, não poderia orar ao meu Pai e Ele colocaria à minha disposição mais de doze legiões de anjos?
Lucas 17:21
21 Nem haverá anúncios: ‘Ei-lo aqui!’ Ou: ‘Lá está!’. Pois o Reino de Deus já está entre vós!”
João 6:15
15 Percebendo, então, Jesus, que estavam prestes a vir e levá-lo à força para o proclamarem rei, retirou-se novamente, sozinho, para o monte.
João 8:23
23 Mas Ele seguiu dizendo-lhes: “Vós sois daqui de baixo; Eu Sou lá de cima. Vós sois deste mundo; Eu deste mundo não sou.
João 15:19
19 Se fôsseis do mundo, ele vos amaria como se pertencêsseis a ele. Entretanto, não sois propriedade do mundo; mas Eu vos escolhi e vos libertei do mundo; por essa razão, o mundo vos odeia.
João 17:14,16
14 Eu lhes tenho transmitido a tua Palavra, e o mundo os odiou, porque eles não pertencem ao mundo, como Eu não sou do mundo. (…) 16 Eles não são do mundo, como também Eu não sou.
João 19:16
16 Diante disso, Pilatos entregou Jesus para ser crucificado. Em seguida os carrascos se apoderaram de Jesus e o levaram para fora. A crucificação de Cristo Mt 27.32-44; Mc 15.21-32; Lc 23.26-43
1 João 2:16
16 Pois tudo o que há no mundo: as paixões da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens não provém do Pai, mas do mundo.
1 João 4:5
5 Eles são mundanos; por isso falam como quem pertence ao mundo, e o mundo os compreende.
LivJoaoCap018:037037 Contudo, Pilatos lhe inquiriu: “Então, tu és rei?” Ao que lhe respondeu Jesus: “Tu dizes acertadamente que sou rei. Por esta causa Eu nasci e para isto vim ao mundo: para testemunhar da verdade. Todos os que pertencem à verdade ouvem a minha voz.” 37Contudo, Pilatos lhe inquiriu: “Então, tu és rei?” Ao que lhe respondeu Jesus: “Tu dizes acertadamente que sou rei. Por esta causa Eu nasci e para isto vim ao mundo: para testemunhar da verdade. Todos os que pertencem à verdade ouvem a minha voz.”
Lc22:70 Jo3:11,32 Jo5:31 Jo8:13-14,18,47 Jo10:16,27 Jo12:27 Jo16:28 Rm14:9 1Jo2:21 1Jo3:19 1Jo4:6
Lucas 22:70
70 Ao que todos lhe inquiriram: “Ora, então Tu és o Filho de Deus?” Então, Jesus lhes afirmou: “Vós dizeis que Eu Sou”.
João 3:11,32
11 Em verdade, em verdade te asseguro que nós dizemos do que conhecemos e testemunhamos do que temos visto; contudo, não acolheis o nosso testemunho. (…) 32 Ele testifica o que tem visto e ouvido; mas ninguém aceita o seu testemunho.
João 5:31
31 Se Eu der testemunho acerca de mim mesmo, o meu testemunho não será válido.
João 8:13-14,18,47
13 Os fariseus, todavia, lhe indagaram: “Tu dás testemunho a respeito de ti mesmo; logo o teu testemunho não é válido.” 14 Respondeu Jesus, assegurando-lhes: “Ainda que Eu testifique de mim mesmo, o meu testemunho é verdadeiro, pois sei de onde vim e para onde vou. Todavia, vós não sabeis de onde venho e para onde vou. (…) 18 Eu testemunho sobre mim mesmo; e o Pai, que me enviou, testemunha a meu favor.” (…) 47 Aquele que é de Deus, ouve as palavras de Deus. Entretanto, vós não ouvis; porque não sois de Deus.” Antes de Abraão, Eu Sou
João 10:16,27
16 Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco, as quais devo da mesma maneira trazer; elas ouvirão minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor. (…) 27 As minhas ovelhas ouvem a minha voz; Eu as conheço, e elas me seguem.
João 12:27
27 Agora minha alma está perturbada, e o que direi? Pai, salva-me desta hora? Não! Eu vim precisamente com esse propósito e para esta hora.
João 16:28
28 Eu vim do Pai e entrei no mundo; agora deixo o mundo e volto para o Pai.”
Romanos 14:9
9 Porquanto foi por este motivo que Cristo morreu e voltou a viver, para ser Senhor tanto de vivos quanto de mortos.
1 João 2:21
21 Portanto, não vos escrevo porque vos falta o conhecimento da verdade, mas justamente porque a conheceis e, porquanto, nenhuma mentira tem origem na verdade.
1 João 3:19
19 Desta forma, saberemos que somos da Verdade e acalmaremos o nosso coração na presença dele;
1 João 4:6
6 Nós somos de Deus; quem conhece a Deus nos ouve; quem não é de Deus não nos entende. É assim que reconhecemos o Espírito da Verdade e o espírito do erro. O amor de Deus nos move
LivJoaoCap018:038038 Então Pilatos questionou a Jesus: “Que é a verdade?” E assim que disse isso, saiu de novo para onde estavam reunidos os judeus, e disse-lhes: “Não encontrei qualquer falta neste homem. Jesus no lugar de um bandido 38Então Pilatos questionou a Jesus: “Que é a verdade?” E assim que disse isso, saiu de novo para onde estavam reunidos os judeus, e disse-lhes: “Não encontrei qualquer falta neste homem. Jesus no lugar de um bandido
Lc23:4 Jo19:4,6
Lucas 23:4
4 Então Pilatos declarou aos chefes dos sacerdotes e às muitas pessoas reunidas: “Não vejo neste homem motivo algum para acusação!”
João 19:4,6
4 Mais uma vez, Pilatos saiu e afirmou aos judeus: “Vede! Eu o trago à vossa presença, para saberdes que não encontro neste homem motivo algum que o possa condenar.” Pilatos cede ao clamor dos judeus (…) 6 Ao verem-no, os chefes dos sacerdotes e os guardas gritaram: “Crucifica-o! Crucifica-o!” Mas Pilatos contestou-os dizendo: “Levai-o vós outros e crucificai-o. Pois eu não encontro nele culpa alguma.”
LivJoaoCap018:039039 Entretanto, sei que é tradição, entre vós, que devo dar liberdade a um prisioneiro por ocasião da Páscoa. Sendo assim, quereis que eu vos liberte o Rei dos Judeus?” 39Entretanto, sei que é tradição, entre vós, que devo dar liberdade a um prisioneiro por ocasião da Páscoa. Sendo assim, quereis que eu vos liberte o Rei dos Judeus?”
Mt27:15-18,20-23 Mc15:6-14 Lc23:18-23 Jo18:39-40
Mateus 27:15-18,20-23
15 Contudo, por ocasião da festa, era costume do governador dar liberdade a um prisioneiro escolhido pelo povo. 16 Detinham eles, naqueles dias, um criminoso muito conhecido de todos, chamado Barrabás. 17 Então, Pilatos dirigiu-se à multidão que ali se havia reunido e lhes propôs: “A quem desejais que eu vos solte, a Barrabás ou a este Jesus, que é chamado de Messias?” 18 Isso porque tinha conhecimento de que o haviam entregado por inveja. (…) 20 Todavia, os chefes dos sacerdotes e os anciãos influenciaram a multidão para exigir o livramento de Barrabás e a execução de Jesus. 21 Então, o governador entregou à multidão o dilema: “Qual dos dois homens quereis que eu vos deixe livre?” Exclamaram eles: “Barrabás!” 22 Pilatos ainda questionou-lhes: “Se assim é, que farei de Jesus, que é chamado de Messias?” Bradaram todos: “Crucifica-o!” 23 Outra vez insta Pilatos: “Por quê? Que crime cometeu este homem?” Apesar de tudo, a multidão esbravejava ainda mais furiosa: “Crucifica-o!”
Marcos 15:6-14
6 Ora, por ocasião da festa, fazia parte da tradição libertar um prisioneiro por aclamação popular. 7 Um homem conhecido por Barrabás estava na prisão junto a rebeldes que haviam cometido assassinato durante uma rebelião. 8 Concentrando-se a multidão, clamaram a Pilatos que lhes outorgasse o direito de costume nessas ocasiões. 9 E Pilatos lhes ofereceu: “Quereis que eu vos liberte o rei dos judeus?” 10 Porquanto ele bem sabia que fora por inveja que os chefes dos sacerdotes lhe haviam entregado Jesus. 11 Então os chefes dos sacerdotes instigaram a multidão a rogar a Pilatos que, ao contrário, soltasse Barrabás. 12 Contudo Pilatos lhes questionou: “Assim sendo, que farei com este a quem chamais o rei dos judeus?” 13 Mas eles gritavam: “Crucifica-o!”. 14 “Por quê? Que mal fez este homem?” Inquiriu Pilatos. Todavia, eles clamavam ainda mais decididos: “Crucifica-o!”.
Lucas 23:18-23
18 Contudo, todo o povo gritou a uma voz: “Acaba com este! Solta-nos Barrabás!” 19 Ora, Barrabás havia sido condenado e estava na prisão por causa de uma rebelião na cidade e por ter cometido um assassinato. 20 Mas Pilatos desejava soltar a Jesus e voltou a argumentar com a multidão. 21 Eles, entretanto, gritavam ainda mais: “Crucifica-o! Crucifica-o!” 22 Então, pela terceira vez, declarou ao povo: “Que mal fez este homem? De fato, motivo algum encontrei contra Ele para condená-lo à morte. Sendo assim, depois de açoitá-lo, soltá-lo-ei!” 23 Mas a multidão reivindicava insistentemente aos brados que Ele fosse crucificado. E o clamor do povo prevaleceu.
João 18:39-40
39 Entretanto, sei que é tradição, entre vós, que devo dar liberdade a um prisioneiro por ocasião da Páscoa. Sendo assim, quereis que eu vos liberte o Rei dos Judeus?” …
LivJoaoCap018:040040 Então os judeus exclamaram outra vez, dizendo: “Não! Esse homem não, mas sim Barrabás!” Ora, Barrabás era um conhecido bandido. 40Então os judeus exclamaram outra vez, dizendo: “Não! Esse homem não, mas sim Barrabás!” Ora, Barrabás era um conhecido bandido.
At3:14
Atos 3:14
14 Todavia, vós negastes publicamente o Santo e Justo, e pedistes que um assassino fosse libertado.