O Quinto Livro Poético e de Sabedoria

Cântico dos Cânticos de Salomão, o último dos cinco livros poéticos e de sabedoria (de Jó a Cântico) é uma canção de amor escrita por Salomão e repleta de metáforas e imagens orientais.

Historicamente, descreve o cortejamento e casamento de uma pastora pelo rei Salomão e as alegrias e tristezas do amor conjugal.

Alegoriamente, retrata Israel como a noiva de Deus (Os 2:19-20), e a igreja como a noiva de Cristo. Como a vida humana encontra o seu maior cumprimento no amor do homem e da mulher, a vida espiritual encontra a sua maior realização no amor de Deus pelo Seu povo e Cristo pela Sua igreja.

O livro descreve cenas em um drama com três oradores principais: a noiva (Sulamita), o rei (Salomão) e um coro (filhas de Jerusalém).

O título hebraico Shir Hashirim vem de 1:1, “O cântico dos cânticos”. Isso está no superlativo e fala da música mais requintada de Salomão.

O título grego Asma Asmaton e o latim Canticum Canticorum também significam “Cântico dos Cânticos” ou “O Melhor Cântico”. O nome Cânticos (“Canções”) é derivado do título em latim.

Pelo fato de Salomão ser mencionado em 1:1, o livro também é conhecido como o “Cântico de Salomão”.

Autor

De acordo com o primeiro versículo, Salomão escreveu o Livro de Cântico. Este cântico é um dos 1.005 que Salomão escreveu (1Rs 4:32). Um dos títulos deste livro, “Cântico dos Cânticos”, é um superlativo, ou seja, serve para indicar que este é o melhor.

Quando foi escrito

Salomão provavelmente escreveu esse cântico durante a primeira parte de seu reinado. Isso colocaria a data de composição por volta de 965 AC.

Esboço

O seguinte esquema é meramente indicativo:

  1. Introdução (1:1-6);
  2. Diálogo entre os amantes (1:72:7);
  3. A mulher relembra a visita de seu amado (2:8-17);
  4. A mulher fala às filhas de Sião (3:1-5);
  5. Assistindo a uma procissão matrimonial (3:6-11);
  6. O homem descreve a beleza de sua amado (4:15:1);
  7. A mulher fala às filhas de Jerusalém (5:26:4);
  8. O homem descreve sua amada, que o visita (6:5-12);
  9. Observadores descrevem a beleza da mulher (6:138:4);
  10. Apêndice (8:5-14).

Propósito

O Livro de Cântico é um poema lírico escrito para exaltar as virtudes do amor entre um marido e sua esposa. O poema claramente apresenta o casamento como um plano de Deus. Um homem e uma mulher devem viver juntos dentro do contexto do casamento, amando um ao outro espiritualmente, emocionalmente e fisicamente.

Este livro combate dois extremos: o ascetismo (a negação de todo o prazer) e hedonismo (busca do prazer somente). O casamento exemplificado em Cântico é um modelo de atenção, empenho e prazer.

 

Fontes

  • Introdução traduzida de New King James Version® Copyright © 1982 by Thomas Nelson
  • Got Questions