Ocultar/Mostrar
LivrosCapítulosVersículosTexto   
LivCanCap005:001001 Adentrei ao meu jardim, minha irmã, minha igual, noiva amada. Colhi minha mirra e meu bálsamo, comi todo o meu favo de mel, bebi meu vinho puro e saciei-me de leite!1

Os pensamentos da esposa sobre o esposo

Adentrei ao meu jardim, minha irmã, minha igual, noiva amada. Colhi minha mirra e meu bálsamo, comi todo o meu favo de mel, bebi meu vinho puro e saciei-me de leite!
Pv9:5 Ct4:9-12,14,16 Ct5:5,13 Ct6:2 Jo15:14-15
Provérbios 9:5
5 “Vinde, comei do meu pão e bebei do vinho que preparei.
Cântico 4:9-12,14,16
9 Furtaste-me o coração, minha igual, minha noiva amada. Roubaste-me toda a alma com um simples olhar, com uma simples joia dos teus preciosos colares. 10 Quão deliciosas são as tuas carícias, minha irmã, minha noiva amada! Teus amores são mais agradáveis que o melhor e mais puro dos vinhos. A fragrância do teu perfume supera a mais cara especiaria! 11 Os teus lábios gotejam a doçura dos favos de mel, minha amada noiva; leite e mel estão debaixo da tua língua. O aroma das tuas vestes é como o perfume do Líbano. 12 És como um jardim fechado, minha noiva e minha irmã em Israel; és jardim fechado, uma fonte lacrada. (…) 14 nardo e açafrão, cálamo e canela, com todo tipo de madeiras aromáticas, mirra e aloés, com todas as mais finas e caras especiarias. (…) 16 Desperta, ó vento norte! Aproxima-te, vento sul! Soprai em meu jardim, a fim de espalhar por toda a parte os teus perfumes. Ah! Que meu amado entre em seu jardim e coma os seus frutos deliciosos!
Cântico 5:5,13
5 Então me levantei para abrir a porta ao meu amado. As minhas mãos destilaram mirra, e os meus dedos gotejavam perfume sobre a maçaneta da tranca. (…) 13 Sua faces são como um jardim de especiarias que exalam perfume. Seus lábios são como lírios que destilam a mais pura mirra.
Cântico 6:2
2 O meu amado desceu ao seu jardim, aos canteiros perfumados pelas especiarias, para descansar e colher lírios.
João 15:14-15
14 Vós sois meus amigos, se praticais o que Eu vos mando. 15 Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor; mas Eu vos tenho chamado amigos, pois tudo o que ouvi de meu Pai Eu compartilhei convosco.
LivCanCap005:002002 Eu estava quase adormecida, mas meu coração vigiava. Escutai! É a voz do meu amado. Eis que está batendo à porta!2Eu estava quase adormecida, mas meu coração vigiava. Escutai! É a voz do meu amado. Eis que está batendo à porta!
Ct1:15 Ct2:14 Ct4:7,9-10,12 Ct5:11 Ct6:9 Ap3:20
Cântico 1:15
15 Ó minha amada, como és formosa! Ah, como és linda! Os teus olhos brilham como os das pombas!
Cântico 2:14
14 Pomba minha, que se aninha nos vãos dos rochedos, nos esconderijos, nas encostas dos montes; deixa-me contemplar teu rosto lindo, deixa-me ouvir tua voz meiga, pois tua face é tão formosa e tão doce a tua voz!”
Cântico 4:7,9-10,12
7 És, portanto, toda bela, minha amada, e não tens um só defeito! (…) 9 Furtaste-me o coração, minha igual, minha noiva amada. Roubaste-me toda a alma com um simples olhar, com uma simples joia dos teus preciosos colares. 10 Quão deliciosas são as tuas carícias, minha irmã, minha noiva amada! Teus amores são mais agradáveis que o melhor e mais puro dos vinhos. A fragrância do teu perfume supera a mais cara especiaria! (…) 12 És como um jardim fechado, minha noiva e minha irmã em Israel; és jardim fechado, uma fonte lacrada.
Cântico 5:11
11 A sua cabeça é como o ouro mais refinado, os seus cabelos ondulam ao vento como os ramos de palmeira; pretos como a plumagem dos corvos.
Cântico 6:9
9 uma só é minha pomba amada e sem mácula. Ela é a filha favorita de sua mãe, a predileta daquela que a gerou. Quando outras jovens a veem, exclamam o quanto ela é feliz; rainhas e concubinas muito a elogiam.
Apocalipse 3:20
20 Eis que estou à porta e bato: se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele comigo.
LivCanCap005:003003 Já despi a minha túnica, querido! Terei de vesti-la novamente? Já lavei os meus pés. Terei de colocá-los sobre o chão de novo?3Já despi a minha túnica, querido! Terei de vesti-la novamente? Já lavei os meus pés. Terei de colocá-los sobre o chão de novo?
Gn18:4 Lc11:7
Gênesis 18:4
4 Traga-se um pouco de água, lavai os pés e repousai debaixo desta árvore;
Lucas 11:7
7 E o que estiver dentro da casa lhe responda: ‘Não me incomodes. A porta já está fechada, e eu e meus filhos já estamos deitados. Não posso me levantar e dar-te o que me pedes’.
LivCanCap005:004004 Assim que meu amado passou a mão pela abertura da fechadura, meu coração palpitou mais forte e todo o meu corpo estremeceu por causa da sua presença.4Assim que meu amado passou a mão pela abertura da fechadura, meu coração palpitou mais forte e todo o meu corpo estremeceu por causa da sua presença.
LivCanCap005:005005 Então me levantei para abrir a porta ao meu amado. As minhas mãos destilaram mirra, e os meus dedos gotejavam perfume sobre a maçaneta da tranca.5Então me levantei para abrir a porta ao meu amado. As minhas mãos destilaram mirra, e os meus dedos gotejavam perfume sobre a maçaneta da tranca.
Ct5:13
Cântico 5:13
13 Sua faces são como um jardim de especiarias que exalam perfume. Seus lábios são como lírios que destilam a mais pura mirra.
LivCanCap005:006006 Eu abri a porta ao meu amado, mas ele já havia partido, já tinha ido embora. Quase desfaleci porque ele se fora. Procurei-o então, mas não consegui revê-lo; clamei-o, contudo ele não me respondeu.6Eu abri a porta ao meu amado, mas ele já havia partido, já tinha ido embora. Quase desfaleci porque ele se fora. Procurei-o então, mas não consegui revê-lo; clamei-o, contudo ele não me respondeu.
Pv1:28 Ct3:1 Ct5:2
Provérbios 1:28
28 Então, suplicarão minha atenção, entretanto, não vos responderei; buscar-me-ão, porém, não me hão de encontrar.
Cântico 3:1
1 Em meu leito, durante a noite, busquei o amado da minha alma. Procurei-o e não o encontrei!
Cântico 5:2
2 Eu estava quase adormecida, mas meu coração vigiava. Escutai! É a voz do meu amado. Eis que está batendo à porta!
LivCanCap005:007007 Encontraram-me os guardas quando faziam a ronda. Os guardas dos muros agrediram-me, feriram-me e arrancaram meu manto.7Encontraram-me os guardas quando faziam a ronda. Os guardas dos muros agrediram-me, feriram-me e arrancaram meu manto.
Ct3:3
Cântico 3:3
3 Encontraram-me os guardas quando faziam a ronda pela cidade; eu lhes indaguei: “Porventura vistes aquele a quem eu amo?”
LivCanCap005:008008 Ó amigas, mulheres de Jerusalém, eu as faço jurar: se encontrardes o meu amado, dizei-lhe que caí enferma de amor!8Ó amigas, mulheres de Jerusalém, eu as faço jurar: se encontrardes o meu amado, dizei-lhe que caí enferma de amor!
Ct1:5 Ct2:5,7
Cântico 1:5
5 Estou morena do sol, mas conservo-me bela, ó filhas de Jerusalém; escura como as tendas nômades de Quedar, linda como as cortinas de Salomão.
Cântico 2:5,7
5 Alimentai-me com tuas passas, confortai-me com teus damascos e curai-me com tuas maçãs. Oh! Que estou enferma de amor! (…) 7 Ó filhas de Jerusalém, pelas corças e gazelas do campo eu vos conjuro: não desperteis, não acordeis o amor, até que ele o queira!
LivCanCap005:009009 Ora, bela noiva, que diferença pode haver entre o teu amado e outro homem qualquer, ó tu, a mais formosa entre todas as mulheres de Israel? Que é o teu amado mais do que outro amado, para que nos obrigue a jurar?9Ora, bela noiva, que diferença pode haver entre o teu amado e outro homem qualquer, ó tu, a mais formosa entre todas as mulheres de Israel? Que é o teu amado mais do que outro amado, para que nos obrigue a jurar?
Ct1:8 Ct5:8 Ct6:1
Cântico 1:8
8 Se não o sabes tu, ó mais bela entre todas as mulheres, segue o caminho das ovelhas, e apascenta os teus cabritos junto às tendas dos pastores.
Cântico 5:8
8 Ó amigas, mulheres de Jerusalém, eu as faço jurar: se encontrardes o meu amado, dizei-lhe que caí enferma de amor!
Cântico 6:1
1 Para onde foi o teu amado, ó mais formosa das mulheres? Dizei-nos aonde foi o teu amado, a fim de que o procuremos contigo?
LivCanCap005:010010 O meu amado é alvo e está com a pele rosada do sol; ele é o mais forte e bonito entre dez mil homens.10O meu amado é alvo e está com a pele rosada do sol; ele é o mais forte e bonito entre dez mil homens.
1Sm16:12 Sl45:2
1 Samuel 16:12
12 Jessé mandou chamá-lo; era ruivo, de belos olhos, saudável e admirável aparência. E Yahweh afirmou: “Levanta-te e unge-o: é ele!”
Salmos 45:2
2 És dos seres humanos o mais notável; derramou-se graça em teus lábios, visto que o Altíssimo te abençoou para sempre.
LivCanCap005:011011 A sua cabeça é como o ouro mais refinado, os seus cabelos ondulam ao vento como os ramos de palmeira; pretos como a plumagem dos corvos.11A sua cabeça é como o ouro mais refinado, os seus cabelos ondulam ao vento como os ramos de palmeira; pretos como a plumagem dos corvos.
Ct5:2
Cântico 5:2
2 Eu estava quase adormecida, mas meu coração vigiava. Escutai! É a voz do meu amado. Eis que está batendo à porta!
LivCanCap005:012012 Os seus olhos são como os olhos das jovens pombas junto aos regatos de água pura, lavados em leite, incrustados como finas joias em seu rosto.12Os seus olhos são como os olhos das jovens pombas junto aos regatos de água pura, lavados em leite, incrustados como finas joias em seu rosto.
Ct1:15 Ct4:1
Cântico 1:15
15 Ó minha amada, como és formosa! Ah, como és linda! Os teus olhos brilham como os das pombas!
Cântico 4:1
1 Como és bela, minha amada, como és linda! Os teus olhos, por trás do teu véu, são viçosos como os olhos das jovens pombas de Israel. O teu cabelo é como um rebanho de cabras que vem descendo pelas colinas de Gileade.
LivCanCap005:013013 Sua faces são como um jardim de especiarias que exalam perfume. Seus lábios são como lírios que destilam a mais pura mirra.13Sua faces são como um jardim de especiarias que exalam perfume. Seus lábios são como lírios que destilam a mais pura mirra.
Ct1:10 Ct2:1 Ct5:5 Ct6:2
Cântico 1:10
10 Lindas são tuas faces entre teus brincos, e belo é o teu pescoço com os colares que te adornam.
Cântico 2:1
1 Sou apenas uma flor dos campos de Sharon, Sarom, uma tulipa dos vales!
Cântico 5:5
5 Então me levantei para abrir a porta ao meu amado. As minhas mãos destilaram mirra, e os meus dedos gotejavam perfume sobre a maçaneta da tranca.
Cântico 6:2
2 O meu amado desceu ao seu jardim, aos canteiros perfumados pelas especiarias, para descansar e colher lírios.
LivCanCap005:014014 Seus braços são como cilindros de ouro maciço com berilo neles engastado. Seu tronco é como marfim polido adornado de safiras.14Seus braços são como cilindros de ouro maciço com berilo neles engastado. Seu tronco é como marfim polido adornado de safiras.
Êx24:10 Êx28:20 Êx39:13 Ez1:16,26 Ez10:1
Êxodo 24:10
10 Eles viram o Deus de Israel. Debaixo de seus pés havia como um pavimento de safira, tão pura como o próprio céu.
Êxodo 28:20
20 na quarta, um crisólito, um ônix e um jaspe; elas serão guarnecidas de ouro puro em seus engastes.
Êxodo 39:13
13 na quarta fila, um crisólito, um ônix e um jaspe. Estavam todas engastadas, bem fixadas em filigranas de ouro.
Ezequiel 1:16,26
16 Esta, pois, era a aparência das rodas e a sua estrutura: eis que brilhavam intensamente como o berilo; as quatro eram muito parecidas. Na verdade, cada uma das rodas parecia estar encaixada na outra. (…) 26 Acima da abóbada, a cobertura curva, sobre as suas cabeças havia algo semelhante a um grande trono feito de safira e, bem no alto, sobre o trono estava sentado alguém que parecia um homem.
Ezequiel 10:1
1 Em seguida olhei e observei algo semelhante a um trono feito todo em safira sobre a abóbada, a curvatura do firmamento, que estava por cima da cabeça dos querubins.
LivCanCap005:015015 Suas pernas são verdadeiras colunas de alabastro, mármore, firmadas em bases de ouro puro. Sua aparência é como o próprio Líbano; ele é elegante como os cedros.15Suas pernas são verdadeiras colunas de alabastro, mármore, firmadas em bases de ouro puro. Sua aparência é como o próprio Líbano; ele é elegante como os cedros.
1Rs4:33
1 Reis 4:33
33 Dissertou a respeito das plantas, desde o cedro do Líbano até o hissopo que brota da parede. De igual modo discorreu sobre os quadrúpedes, as aves, os animais que se movem rente ao chão e os peixes.
LivCanCap005:016016 Sua boca é a própria doçura. Ele é todo uma delícia! Assim é o meu amado, meu irmão e amigo, ó filhas de Jerusalém!16Sua boca é a própria doçura. Ele é todo uma delícia! Assim é o meu amado, meu irmão e amigo, ó filhas de Jerusalém!
Ct5:8 Ct7:9
Cântico 5:8
8 Ó amigas, mulheres de Jerusalém, eu as faço jurar: se encontrardes o meu amado, dizei-lhe que caí enferma de amor!
Cântico 7:9
9 e a tua boca como o vinho mais puro e delicioso…